quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Convite Missa de 1 ano do comerciante Luizão Fonseca


Será hoje ás 19:30 horas, missa de 1 ano do falecimento do comerciante de Assu Luis Carlos da Fonseca, o saudoso "Luizão da COHAB", familiares convidam parentes e amigos para celebração que será realizada na Paróquia da Beata Lindalva e São Cristovão na COHAB. 

NELTER DEFENDE REAJUSTE PARA PRODUTORES DO PROGRAMA DO LEITE E PAGAMENTO EM DIA


O reajuste no valor do litro de leite fornecido pelos pequenos produtores ao Programa do Leite, do Governo do Estado, foi reivindicado pelo deputado Nelter Queiroz (MPB). O parlamentar fez pronunciamento na sessão plenária desta quarta-feira (14) e afirmou que há oito anos o valor não é reajustado, e além disso, os repasses estão atrasados.

“Faço um apelo à governadora pois esse é um assunto que atinge o homem do campo. Fui procurado pela Associação dos Pequenos Produtores de Leite e recebi um relato da situação, prejudicando esses fornecedores”, preocupa-se o parlamentar.

Nelter Queiroz afirmou que são produtores que fornecem diariamente de 20 a 50 litros de leite. O governo estadual deveria repassar o pagamento de 15 em 15 dias, pois existe um fundo próprio destinado a esse fim mas eles, no entanto, estão com seus repasses atrasados. “Os produtores de leite já estão com algumas quinzenas em atraso e além disso, sem receber aumento no valor do litro de leite fornecido”, criticou o deputado.

Servidores
Outra questão abordada pelo deputado diz respeito ao atraso no pagamento dos servidores. Nelter fez um apelo para que o Executivo honre os compromissos e coloque a folha em dia. “Tenho sido muito procurado pelos aposentados, que estão enfrentando dificuldades para honrar seus compromissos e aqui peço encarecidamente que os gestores cumpram com um calendário de pagamento”, afirmou o deputado.

domingo, 4 de agosto de 2019

Motorista da prefeitura de Assu pede demissão por exploração de trabalho e débito de horas extras

Oberdan Solidonio da Silva 
Motorista da saúde denuncia nas redes sociais, exploração de trabalho e débitos de horas extras não cumpridas pela Prefeitura Municipal de Assu, Oberdan Solidonio da Silva era lotado na Secretaria Municipal de Saúde do município, realizava o transporte de pacientes para cidades com destinos de Assu para outras do Estado do Rio Grande do Norte. Oberdan apresentou documentos que comprovam o trabalho escravo e a falta de pagamentos de horas extras diante seu período trabalhando diariamente e sendo obrigado a trabalhar nos fins de semanas com horas restritas de descanso. O funcionário público pediu demissão do cargo de motorista, devido as condições de trabalho que estava sendo irrelevantes a função.

Contrato de Trabalho com a Sec. Municipal de saúde de Assu

 Oberdan nos informou ao blog que o contrato não inclui inicio de serviços a partir das 01:00hr da manhã com término ás 22:00 ás 23:00hrs, deixando o profissional sem condições de descanso, o contrato segue com o trabalho serviços diários e não esta situação. 

veja abaixo os relatos do motorista :


sexta-feira, 2 de agosto de 2019

Ivan Junior será o entrevistado de amanhã (03) nas ondas da 89FM Assu


Neste sábado o entrevistado será o ex prefeito de Assu, Ivan Lopes Junior no programa "discussão aberta" apresentado por Adailton Amorim. na radio Nova 89 FM ás 11Hrs ao meio dia.

Vídeo: Descaso no centro de Assu, popular grava imagens

Comerciantes do mercado Sofia Frutuoso estão indignados com a desorganização no centro de Assu . Situação caótica, que não se tem os olhos do poder público municipal. Prefeitura deixou os barraqueiros sem opção.

Comerciante registrou as imagens do local ocupado pelos barraqueiros 
A Prefeitura de Assu ao realizar a desobstrução da via de trânsito de veículos, deixou os donos das barracas desabrigados, levando os mesmos a se instalar na calçada do mercado publico Sofia Frutuoso, causando um caos para os pedestres e desconforto aos comerciantes locais.


Prefeitura de Assu com débito de energia elétrica UBS não será feita a instalação


Do blog Rabiscos do Samuel JR

Uma fonte do RSJ colocou os ouvidos nas paredes do gabinete do prefeito Gustavo Montenegro Soares e conseguiu captar a seguinte informação.

A prefeitura de Assú enviou solicitação a Cosern para a ligação da energia elétrica da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Novo Horizonte.

Mas, a resposta da concessionária de energia não foi muito boa. No documento enviado ao executivo municipal foi dito com todas as letras, da impossibilidade de prestar novos atendimentos à prefeitura, tendo em vista a existência de débitos não quitados.

Vergonhoso tamanha situação da gestão atual, com tanto dinheiro em caixa, deixam atingir esse patamar de irresponsabilidade com a máquina pública.