domingo, 4 de agosto de 2019

Motorista da prefeitura de Assu pede demissão por exploração de trabalho e débito de horas extras

Oberdan Solidonio da Silva 
Motorista da saúde denuncia nas redes sociais, exploração de trabalho e débitos de horas extras não cumpridas pela Prefeitura Municipal de Assu, Oberdan Solidonio da Silva era lotado na Secretaria Municipal de Saúde do município, realizava o transporte de pacientes para cidades com destinos de Assu para outras do Estado do Rio Grande do Norte. Oberdan apresentou documentos que comprovam o trabalho escravo e a falta de pagamentos de horas extras diante seu período trabalhando diariamente e sendo obrigado a trabalhar nos fins de semanas com horas restritas de descanso. O funcionário público pediu demissão do cargo de motorista, devido as condições de trabalho que estava sendo irrelevantes a função.

Contrato de Trabalho com a Sec. Municipal de saúde de Assu

 Oberdan nos informou ao blog que o contrato não inclui inicio de serviços a partir das 01:00hr da manhã com término ás 22:00 ás 23:00hrs, deixando o profissional sem condições de descanso, o contrato segue com o trabalho serviços diários e não esta situação. 

veja abaixo os relatos do motorista :


Nenhum comentário:

Postar um comentário